Dicas de arquitetura comercial

Como posicionar a vitrine de uma loja

Arquitetude Arquitetura Comercial Deixe um Comentário

A vitrine da loja é a porta de entrada e o principal chamariz da maioria dos comércios. Por isso, é muito importante não só saber decorá-la como também colocá-la na melhor posição possível. Por isso, veja como posicionar a vitrine de uma loja.

Posicionamento das lojas

Fonte: Arquitetude.

Nem todo mundo se atenta ao fato de que é preciso analisar alguns fatores ao se posicionar a vitrine de uma loja, pois simplesmente expor produtos nem sempre é o suficiente para chamar atenção de quem passa. Num mundo cada vez mais conectado e em que as pessoas buscam por experiências únicas é importante levar o que o público quer em conta.

Seja na rua ou dentro de um shopping, é preciso prestar atenção, principalmente, na circulação das pessoas ao posicionar a vitrine. É mais comum que as pessoas venham de qual lado? A vitrine é vista só de frente ou também dos lados? Identificar de onde vem o público principal ajuda a posicionar melhor uma vitrine e, consequentemente, atingir ainda mais as pessoas.

Para uma loja num shopping, isso costuma ser mais fácil de fazer, pois as portas de entrada e saída, assim como as escadas rolantes e os acessos do estacionamento, são fixas, tornando possível prever de onde o público costuma vir. Para lojas de rua, isso pode ser um pouco mais complicado, pois é preciso levar em conta não só o fluxo de pedestres, mas também de carros que passam.

Observar também as lojas vizinhas ajuda a posicionar ainda melhor suas vitrines. Ter uma loja próxima a lojas âncora (lojas de grandes redes) ou nos arredores de uma praça de alimentação, cinema ou teatro pode ser ótimo, pois faz com que muita gente passe na frente dela, mas também costuma afetar a circulação as pessoas.

Posicionamento das vitrines

Fonte: Arquitetude.

Quando for ao seu ponto de venda, veja o que os outros comerciantes já fazem para chamar atenção do público em relação ao posicionamento das vitrines e se isso combina com sua marca. Às vezes, uma ideia simples, como pendurar uma placa que se destaca na fachada, ajuda as pessoas a identificar sua loja de longe.

Buscar saber o que a concorrência está fazendo também é uma ótima ideia. Afinal, quem está querendo posicionar melhor a própria vitrine precisa saber o que destaca outras marcas que vendem produtos semelhantes para se diferenciar delas.

Lembre-se que quem passa em frente a sua loja deve poder observar as vitrines e mesmo o interior do estabelecimento de forma direta e sem impedimentos. Desta forma, observar onde se formam sombras é fundamental, pois isso pode significar que este não é um bom lugar para colocar um produto ou que é necessário fazer uma adaptação na iluminação.

Há também áreas da vitrine que não podem ser vistas pelo fluxo principal de pessoas que passam pela loja. E é claro que esses locais não são os mais indicados para colocar as peças principais da loja ou tão pouco uma publicidade que busque chamar atenção do público.

Como posicionar a vitrine de uma loja

Fonte: Arquitetude.

Dependendo do fluxo principal que passa em frente ao seu comércio, pode ser necessária também uma adaptação dos vidros da vitrine, pois há vezes em que eles formam quinas que atrapalham a visão das pessoas, principalmente em lojas de esquina. Neste caso, a utilização de vidro sem esquadria costuma ser uma ótima saída.

Posicionar a vitrine de uma loja é um trabalho que pode ser complicado. Por isso, contar com o auxílio de um escritório de arquitetura especializado em projetos comerciais pode ser uma ótima ideia para quem quer (ou precisa) buscar um novo posicionamento para sua vitrine.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *