Arquitetura Comercial com Tom Laranja

Iluminação na arquitetura comercial como ponto chave

Arquitetude Arquitetura Comercial Deixe um Comentário

Você já parou para pensar em como a iluminação na arquitetura comercial é essencial no seu estabelecimento? Seja ele uma loja de confecções, um supermercado, um bar ou restaurante, uma loja de móveis ou de equipamentos esportivos. Em qualquer setor, a iluminação tem papel fundamental.

Um bom projeto arquitetônico irá pensar na iluminação para trazer mais clientes, ressaltar os produtos, e fazer com que as pessoas se sintam mais confortáveis no local.

 Iluminação na Arquitetura Comercial | K&K

Projeto comercial para a loja K&K | Arquitetude

Como usar a iluminação na arquitetura comercial

O projeto de arquitetura e decoração do seu negócio irá prever a iluminação desde o lado de fora, inclusive porque a fachada deve ser pensada para transmitir o conceito do negócio seguindo as diretrizes do marketing da empresa. Em outras palavras, a fachada é o chamariz para atrair o cliente. Ela deve se destacar dentre os estabelecimentos vizinhos, principalmente se estiver na rua, quando a quantidade de informação visual é maior e a disputa pelos olhares aumenta.

Um detalhe importante é que a iluminação na fachada deve ser pensada levando em conta a variação da luz natural no decorrer do dia. Outro ponto importantíssimo do exterior é a vitrine, no caso de lojas: uma iluminação bem projetada irá destacar e valorizar adequadamente os produtos expostos. É preciso tomar cuidado para que as luzes instaladas não reflitam no vidro da vitrine, e assim acabem incomodando e espantando os possíveis cientes. O foco da luz deve ser nos produtos e elementos decorativos apenas.

Iluminação na Arquitetura Comercial

Fonte: Retail Display Ideas

Um bom projeto de iluminação na arquitetura comercial, além de valorizar os produtos e ter papel decorativo, tem outras funcionalidades. Ela não pode ser exagerada, a ponto de cansar visualmente e fazer com que o cliente vá embora mais rápido, nem pode ser de menos, dificultando a experiência de compra do consumidor.

Um bom projeto luminotécnico deixa os clientes confortáveis para escolher os produtos, direciona as pessoas pela loja, não prejudica as cores das peças. Essencial também é a iluminação dentro do provador, afinal é onde a decisão da compra é tomada.

Iluminação na Arquitetura Comercial | Dank

Projeto Comercial para a loja Dank | Arquitetude

No caso de bares ou restaurantes, a iluminação na arquitetura comercial, que também deve ir de encontro com o conceito do negócio, deve valorizar a comida, especialmente mantendo sua cor, para que estimule o apetite do cliente. Contudo, ela pode ter variações: em um fast food a luz mais clara agiliza o consumo dos clientes, mas se você quer que eles fiquem bastante tempo, uma iluminação mais intimista pode ser o grande elemento, pois ajudará a deixar as pessoas mais relaxadas.

Iluminação na Arquitetura Comercial

Fonte: Retail Design Blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *