Qual é a alma do seu negócio?

Qual é a alma do seu negócio?

Arquitetude Arquitetura Comercial Leave a Comment

Qual é a alma do seu negócio? Você já parou para pensar nisso? A alma de seu negócio é jovem, arrojada, clássica, inovadora, ‘green’, fashion, sofisticada, lúdica? Pense na arquitetura de lojas de grandes marcas, como Mc Donald’s, Apple ou Nike– que imagem elas te remetem? Agora pense na sua marca – que ideia ela passa aos clientes? A alma do seu negócio está por trás da imagem que sua marca transmite – e um bom projeto de arquitetura comercial pode ajudar o seu empreendimento a se mostrar corretamente para seu público-alvo.

 

E como mostrar ao seu público quem é a sua marca?

A flagshipstore da Pirelli, inaugurada em Milão para a marcaPZero, quis ser muito mais do que uma loja conceito. Seu projeto arquitetônico foi desenhado para que qualquer pessoa que entre na loja tenha uma experiência premium e perceba os novos paradigmas da modernidade a partir de uma atmosfera glamourosa. Toques de borracha, cimento e aço presentes na arquitetura, sonorização diferente para cada ambiente da loja, roupas hightech iluminadas por luzes de LED sustentáveis, elementos que contam a história da Pirelli, tudo isso proporciona ao cliente uma experiência sensorial e emocional na loja e retrata exatamente a alma que a Pirelli quis dar ao espaço.

 

FlagshipStore da Pirelli, em Milão, Itália.

FlagshipStore da Pirelli, em Milão, Itália. Fonte: Retail Blog Design

 

Independentemente da alma do seu negócio, hoje as lojas precisam fazer mais do que a receita básica que todos fazem. O cliente precisa ser entretido e engajado, assim como fez a Pirelli. Ou a Nike com sua loja em Shiba, no Japão, onde criou a maior loja da marca no país especializada em basquete. O semicírculo é o conceito chave do design desse projeto arquitetônico– inclusive uma luminária pendente no formato de um grande aro fica a 3,05 metros de altura, baseado na altura padrão de um aro de verdade. Através da arquitetura da loja e da experiência de compra, o cliente entra em contato com o conceito da marca e se sente imerso no mundo do basquete da Nike.

 

Loja da Nike em Shiba, Japão.

Loja da Nike em Shiba, Japão. Fonte: Retail Blog Design

 

Sempre se lembre de que a alma do negócio deve permear toda a loja, da arquitetura ao conceito da marca, passando pelo atendimento e pela experiência de compra. O cliente de hoje precisa ser engajado e entretido para que ele não prefira o concorrente ou a comodidade das lojas virtuais. Um projeto de arquitetura comercial tem papel fundamental em tudo isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *